Dropdown Menu

7 de agosto de 2018

Mario Superstar



Mario Superstar
Autores: TLMB e HuFlungDu
Jogo Finalizado: 1 level/0 saídas
Emulador: Snes9x 1.56.2

Olá pessoal, eu sou o Duran e como um apreciador de Hacks de Super Mario World que acompanha o blog desde tempos longínquos e depois de muito tempo como um mero observador (leia-se, sangue-suga) com um enorme carinho por esta forma de arte que são as rom hacks (honestamente, não só de Mario, mas vamos manter o foco) eu resolvi tentar fazer que nem o David Luiz e dar um pouco de alegria pro meu povo e por isso vocês vão ver em primeira mão a minha primeira review, sendo uma review de Mario Superstar, deixando claro que escolhi algo bem curtinho, com apenas uma fase, porque sou preguiçoso para facilitar em meu teste de entrada.

Mario Superstar foi feito apenas para um concurso Chocolate Level Design de 2010 e ela impressionou tanto que foi vitoriosa, porém como foi feita apenas para esta finalidade, é uma hack sem história, onde devemos apenas apreciar o esforço feito pelos seus criadores em nos entregar uma mecânica tão diferenciada.

Esse jogo chama a atenção por possuir uma mecânica similar a Kirby, onde você pode conseguir poderes capturando inimigos (a diferença é que você não os devora feito um animal, mas captura-os com uma rede), isso inclui poderes como um golpe forte no chão e jogar bolas de espinhos nos inimigos. Não só a captura é similar ao Kirby, outro aspecto que aproxima esses dois jogos é a introdução de uma barra de vidas, que permite que o Mario leve dano mais de uma vez antes de morrer.

A falha acontece quando tentamos pular nos inimigos, já que eles não adiantam (tanto normais quanto o spin jump), o que também lembra a franquia da bolinha rosa que já citei duas vezes mas não quero citar de novo para o avaliador pensar que eu sei escrever bem, porém Super Mario World conta com dois tipos de pulos diferentes e ambos possuem funções diferentes, mas como essa hack tira a habilidade de matar com os pulos, acaba tornando um deles meio inútil.
A hack também não possui overworld, você já começa na fase e ao terminar o jogo a tela congela e você precisa reiniciar o emulador.
Obs: O jumento aqui quase disse que não tinha como soltar os power-ups pegos, mas jogando novamente para revisar minha review descobri que apertando select você volta ao normal.

Os gráficos são bem simpáticos e conta com muita coisa nova, por exemplo, cada habilidade possui uma roupa especial, então você verá o Mario com algumas "skins" diferentes ao longo do jogo, de resto o jogo possui pouca coisa inovadora, com apenas um destaque bem legal guardado para o final, mas para descobrir o que é, você vai precisar jogar.

Dificuldade: 2/5
A hack é bem fácil, deixei de dar 1 porque demora a se acostumar com o fato de pulos serem inúteis contra inimigos e leva um tempinho, mesmo que curto, para entender o poder.

Jogabilidade: 9/10
Mecanica muito inovadora, só não levou 10 pelo spin jump sem sentido presente na hack.

Gráficos: 10/10
Cada habilidade introduzida ao jogo tem uma roupinha especial.

Música: Original
Usa as músicas do Super Mario World mesmo.

Mapa: -/-
Não tem mapa.

Criatividade: 10/10
O jogo pode ter suas falhas, mas a criatividade mostrada nele é maravilhosa.

Nota Final: 8,5/10
A hack em si é muito boa, super criativa e mereceu a vitória no concurso que participou, não darei 10 pela falta de overworld e por ter dois pulos diferentes meio obsoletos, mas é definitivamente uma hack que eu recomendo.

DOWNLOAD

Nenhum comentário:

Postar um comentário