quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Po's Adventure: Neko Burst


Hack Demo (12 saídas, 1 mundo)
Emulador utilizado: Snes9x 1.54


Essa é uma das hacks apresentadas no SMWC3 desse ano. Ela é uma das hacks demos que não são longas nem curtas demais. Apesar de terem tido várias outras hacks, ela se destacou mais ao meu ver por simplesmente ser mais original que as demais. Falando em demos desse C3, vão jogar a collab do Mario Hacks!

Como eu mencionei acima, Po's Adventure é uma hack mais original que as demais e essa originalidade se aplica na maioria dos seus aspectos. Nada mais justo que começarmos essa review com o que é original na hack, sendo o mais visível, o protagonista!



Exatamente, a história da hack é original. É opcional na hack se você quer conhecer a história (recomendado, porque depois de conhecer a história você ganha um power-up!) pois ela é contada na primeira fase (chamada "Intro") do mapa. Abaixo, um resumo da história:

"Ninworld é um mundo controlado pelo "Cajado do Poder". Um dia, o clã dos gatos achou esse cajado e o usou para controlar as criaturas desse mundo. Porém, uma das criaturas não foi controlada, e seu nome é JOHN CENA Po! Poderá o Po salvar Ninworld?"




As mecânicas ainda são as mesmas do SMW, com muito poucas alterações então não espere muito de diferente pelas screenshots mostradas na postagem. Apesar disso, as fases da hack são divertidas mesmo que as incluídas nessa demo sejam fáceis. Cada fase dessa demo é única tanto em cenário quando em gimmick, apesar dos gimmicks ficarem melhores nas últimas fases. É notável um padrão nas salas bônus, pois todas nessa demo tem o mesmo cenário e são salas com vários coletáveis (moedas que são estrelas) e o que apenas vem a variar são as cores e o design.

Duas coisinhas meio chatas sobre algumas fases; na fase "Red Rage" tem um segmento em que as vezes uma das plataformas cinzas podem não aparecer, e em "Vast Vines" a hitbox dos espinheiros pode ser um pouco confusa.



Quanto ao mapa, ele é bonito em questão de gráficos (e a borda de nuvem fofinha), mas ele é bem simples em design. Aliás, todas as fases da demo são acessíveis então você não vai precisar terminar uma para poder jogar outra e assim por diante. 


Antes de dar as notas e cobrir alguns aspectos restantes que não cobri acima, veja mais algumas screenshots!









Dificuldade: 2/5
 Bem fácil. Tirando a hitbox confusa de uma fase que mencionei antes, você não vai ter problemas jogando essa hack. Espero que quando mais fases forem feitas, elas fiquem mais difíceis gradualmente.

Jogabilidade: 8/10
Mencionei antes que cada fase tem um gimmick único e que eles ficam melhores nas últimas fases e acho que vocês ficarão mais surpresos com o gimmick da última. Não fiquem tão empolgados pois não é nada revolucionário, são mais coisas simples bem utilizadas.

Gráficos: 10/10
Gostei bastante dos gráficos originais e principalmente dos cenários das fases que foram feitos!

Música: 8/10
Infelizmente a hack não possui uma soundtrack original, mas ela usa várias músicas conhecidas que combinam muito bem com o estilo dela, que em boa parte do tempo vêm de jogos do Kirby.

Mapa: 7/10
Apesar de ser bonito no quesito gráfico, achei ele muito simples. Espero que em uma futura demo ou até versão completa, o mapa da hack melhore e seja muito mais variado do que ele foi nessa demo.

Criatividade: 9/10
A nota alta vem principalmente pela hack ser original na maioria dos aspectos. Fiquei muito feliz jogando uma hack que possui uma história e gráficos originais, que são seus pontos fortes.

Nota Final: 9/10
Tive um certo incômodo com os problemas que citei anteriormente com aquelas duas fases e eu desejava que a hack tivesse uma soundtrack única para um pacote completo de originalidade. Mas esquecendo isso, eu gostei muito dessa hack e é uma pena que ela não tenha ganho nada nesse SMWC3. Recomendo que joguem a hack!


segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

The Muncher Run 2

Autor: Bad Luck Man e Ersanio
Hack Finalizada: 5 Saídas
Emulador Recomendado: ZSNES

O efeito de HDMA no chão que mencionei
The Muncher Run 2 é uma hack kaizo que basicamente se resume em pegar uma estrela e correr em cima das munchers até encontrar uma outra estrela ou terminar a fase. Apesar de ser uma hack curta, as fases chegam a ter uma variação interessante, com fases de água, escorregadias e até uma luta com um boss customizado.

A hack possui uma boa introdução, onde temos que escapar de uma ilha que está desmoronando, nessa primeira fase encontramos um efeito de terremoto, um efeito  HDMA no chão e uma música de Cave Story. 

Algo bastante útil feito nessa hack foi a remoção da música da estrela, dessa forma, mesmo com o power up, podemos escutar a música da fase, um fator estranho é que algumas músicas são customizadas enquanto outras são do SMW original.


Essa hack possui bugs se for jogado no Snes9x, com problemas nas músicas e até no Boss, então é praticamente obrigatório jogar ela no ZSNES caso você queira finalizar a hack.










Dificuldade (KAIZO): Fácil.
É uma hack kaizo bastante simples de se concluir, é uma boa opção para quem quer tentar passar de uma kaizo sem usar save states.

Jogabilidade: 8/10
Mesmo sendo uma hack kaizo, não me recordo de mortes injustas, ela fez um bom uso de seu conceito de correr com o poder da estrela.

Gráficos : Vanilla
Mesmos que o SMW padrão.

Música : 6/10
A questão da música é bastante confusa, algumas são boas, outras nem parecem músicas e outras são do próprio SMW

Mapa: 6/10
Bastante simples, se trata basicamente só de uma ilha em formato de muncher, apesar de eu em particular ter gostado, o mapa ainda possui alguns bugs.

Criatividade: 8/10
Basicamente essa nota vai pelo o uso do conceito principal da hack, as fases são bastantes variadas

Nota Final : 7.5/10
É uma hack com uma ideia simples e interessante, apesar de ser meio primitiva (foi feita em 2009), vale a pena dar uma conferida

VÍDEO SOBRE A HACK


quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Allycia legends - Blood Moon


Autor: Guilherme F Santos
Hack Demo: 9 Sáidas
Emulador Ultilizado: Snes9X

Depois de umas férias no Acre, onde a informação não chega, estou de volta, jogando agora esta demo que se inspira em muitos momentos no Castlevania (explicarei mais tarde, é preciso ir por partes, igual Jack Estripador).
 Logo de cara, no menu do game (aquela ibage lá em cima), podemos perceber que está bem caprichado. Poderia ser melhor, com alguns efeitos a mais e dar uma arrumada naquela faca que ficou um tanto estranha. Porém, isso é apenas um detalhe e como se trata de uma versão demo, não é algo que interfira. Pode ser que o autor mude esse detalhe.

Not long ago, the things were going very
well util Darmilette Doolb - the evil vampire,
the incarnation of devil in the world - put your...
...plan into praticewith the help of margot domen,
the rellish mage, used foreign forces to put the world into eternal night...


with brightness of moon bathed in blood.
but thats changing...
seeling all this Allycia nahard the demon hunter
goes to the castle of the vampire to put an end to it. 


"Não muito tempo atrás, as coisas estavam indo muito bem em Darmilette Doolb quando o vampiro do mal, a encarnação do diabo no mundo colocou seu plano em prática com a ajuda de Margot Domen, o mado infernal, usou seus poderes estranhos para colocar o mundo na noite eterna, com brilho de lua banhado em sangue.

Mas isso está mudando , vendo tudo isto, Allycia Nahard a caçadora de demônios vai para o castelo do vampiro para pôr fim a ele."

Allycia is at the entrace to the evil castle.
just the beginning of the battle.

A introdução do jogo foi feita de uma forma criativa: se trata de uma fase com letras inseridas, como se fossem tilers, e o jogador precisa apenas caminhar até o final e ler toda a história. Ela resumidamente diz que Allycia está determinada em entrar no castelo e matar um vampiro mau (que medo e que referência!). Você pode estar pensando: "Hur dur, hoji em dia tem cutisene no a ese eme, isso é utrapasado". Mas, de certa forma, foi uma ideia simples, ideal para quem não aprendeu a fazer essas coisas. Fica a dica. 



Olha que bacana esse OW

Allycia é tão fofinha,
bem detalhada a animação dela :3
O OW também me deixou surpreso, não por ser bonito (porque de fato poderia ser bem melhor) mas pelo design. Ao invés de mostrar o seu personagem de uma visão vertical, como em 99% das hacks, ele utiliza a visão horizontal, como em Ghosts' n Goblins, Castlevania, Dragon's Lair (versão de SNES, que é difícil pacas) e afins.


O bendito maguinho que solta triângulos, quadrados e bolinhas.

Agora vamos falar da parte que interessa: a gameplay. As fases estão no tamanho ideal, porém tem algumas coisas que não foram boas, como repetir o mesmo desafio na mesma fase uma, duas e até três vezes. Pelo menos, não acontece em todos os lugares. O mesmo vale para o bruxinho que solta a magia do Playstation, que nem adianta matar porque ele volta, e para melhorar: ele está presente em TODAS AS FASES! Isso é um ponto de extrema criticidade e que pode impactar na avaliação de uma hack.

Isso é um exemplo que se repete em varias fases.
Você faz isso aqui.


E aqui de novo, como assim?

Por mais que ela tenha uma porrada de pontos negativos, ainda há uma chance de salva-la e fazer com que vocês baixem essa bagaça e joguem até seus dedos caírem. A primeira de muitas coisas boas no game é o sistema de vida em HP. É bom porque a dificuldade não é tão normal assim, ás veses me sinto em ima kaizo light. A sua arma principal, padrão e infinita, é um chicote improvisado: o sprite do Mario com a Feather (que nem o som foi alterado). Poderia ser melhorada. Aumentar o tamanho de ataque não seria ruim e a melhor arma do jogo é uma faca, a mesma que estava estranha no inicio da review. Com ela, você é praticamente invencível pois vários inimigos chatos podem ser eliminados com ela, o que me ajudou bastante durante o jogo.





Ótimo port do Castlevania SOTN


Creio que a dificuldade não seja "normal"


Creio que nem preciso dizer que essa hack foi baseada em Castlevania pois, a essa altura, você já deve ter notado (o chicote, o vampiro mau, a faca, o OW, etc). Só que tem mais: a ideia do autor foi fazer fases com múltiplos caminhos para se chegar no final. Podemos ver isso nas partes que ele não terminou e em alguns lugares que parecem escadas, mas são buracos. Outras referencias são algumas criaturas portadas no BG como o Drácula de Castlevania SOTN e os check points, que são estátuas do mesmo lugar. Bem, creio que já falei demais para uma hack demo de 9 saídas. Agora é hora das avaliações finais.

Dificuldade: 3/5
Não é tão díficil quanto pensei, mas tive problemas em alguns pontos da hack. A hack não tem aquela curvatura de dificuldade (quando o game começa relativamente fácil e vai se tornando complicado) e as armas simples e os defeitos de design de level tornam as coisas complicadas.

Jogabilidade: 6/10
A hack é uma Demo (apenas uma palhinha do que seria quando completa), então avaliei o que têm. Repleto de idéias muito boas e divertidas, porém, algumas coisas estragam e fazem com que o player possa se enjoar rápido, como os obstaculos e inimigos repetidos por exemplo. Espero que esses problemas se resolvam, porque ainda quero poder vir aqui e reavaliar essa hack como algo sensacional. 
Gráficos: 8/10
São belos gráficos, com recursos HDMA, inimigos customizados, ports de sprites e aquelas estátuas maravilhosas que constituem o BG em um ambiente muito bem executado. Isso salva em muito a hack, inclusive a Allycia que ficou muito kawaii desse jeito, e ela tem vários detalhes que ficaram bonitinhos. Perde pontos porque algumas coisas confundem a cabeça, como as pedras, que me custou uma vida por pensar que era apenas uma decoração, e alguns inimigos que ficaram estranhos, como as versões do Chargin Chuck.
Música: 9/10
Os ports ficaram magníficos, e contribuiram ainda mais com a atmosfera dos gráficos, como se um completasse o outro. Apenas alguns ports que ficaram feios como o remake de uma das músicas de SMW. Fora isso, tudo OK.
Mapa: 9/10
A ideia de fazer um mapa horizontal foi muito bem executada, inclusive o segundo caminho, que não foi terminado. Mas ainda é tudo muito simples e frágil. 
Criatividade: 9/10
 Vários elementos incomuns em hacks, como estilo dos mapas, uma protagonista kawaii, e a tentativa de fazer fases com múltiplos caminhos. Só não é nota maxima, porque copia demais Castlevania, não que seja errado usar como referencia, mas fazer quase uma replica não é nada bom.
Nota Final: 7/10

Recomendo que experimentem essa hack, porque apesar de ser uma demo cheia de falhas e defeitos, é divertida e está relativamente bem feita. Isso porque está apenas 20% completa. Espero que ela não entre para o cemitério de ideias boas e abandonadas que não saem das demos, porque quero muito analizar essa hack COMPLETA.

domingo, 8 de janeiro de 2017

Primeira Collab do Mario Hacks!


A C3 está acontecendo novamente, o evento do SMWCentral onde as pessoas apresentam um pouco das suas ultimas novidades e projetos que estão desenvolvendo. Neste evento, nós apresentamos e disponibilizamos a primeira versão da collab do Mario Hacks, e para quem não sabe, uma hack collab seria basicamente uma hack feita por uma equipe ao invés de apenas uma pessoa. 

Na Collab você encontrará:

Gelo que não escorrega, sapos magníficos, chuva, spooky house, auto-scroll, serras, kaizo, Jojo, bugs, Overworld cagado e muito mais.

Sendo mais preciso, os que participaram até então são:

-Aolol
-Eu Akutarex
-Dark Feposo
-John Hakiro
-Lester
-Mirann
-Thales
-Willian125677


Tópico da Collab na C3
https://www.smwcentral.net/?p=viewthread&t=87584

Download da Collab
http://bin.smwcentral.net/u/8189/CollabMarioHacksAlpha2.zip

Aproveitem essa hack e comentem aqui o que acharam, essa collab ainda não está em sua versão final, nós vamos trazer mais novidades com o passar do tempo





terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Mario's Next Adventure


Autor: Systrem Studios
Hack Finalizada: 11 saídas
Emulador usado: ZSNES 1.51
Olá, estou de volta e agora temos mais uma hack simples, mas bem interessante, essa é Mario's Next Adventure é uma hack curta, mas vale a pena dar uma jogada, sem mais demoras vamos começar pela história:

A história só não é mais simples do que a do próprio SMW, aqui a princesa é raptada por Iggy, o koopaling mais random da série Mario.

Indo para a hack em si vamos começar com a dificuldade dela, a hack é bem fácil, as fases são simples, uma quantidade razoável de inimigos e buracos que não representam muito perigo.


Sua jogabilidade é bem simples também, level design é bom mas as vezes te obriga a fazer alguns ''pulos cegos'' o que pode te matar injustamente, há alguns inimigos novos, mas são poucos, de resto a hack tem uma boa jogabilidade.


Os gráficos são muito bonitos, eles lembram bastante o New Super Mario Bros Wii, que creio eu serviu como base para a criação da hack, enfim, backgrounds são bem simples, mas combinam bastante com os foregrounds, porém, os gráficos são bem repetitivos ao longo da hack.

As músicas são bem simples, mas não perdem seu brilho, são normalmente encontradas em várias hacks por isso, podem ser um pouco enjoativas, uma escolha de músicas mais incomuns iriam dar um toque único para a hack, mas as escolhas ainda assim são decentes.

O mapa usa apenas elementos vanilla, parece até uma expansão dos mapas originais, ele só faz a função de mostrar o caminho de Mario.

A hack no geral é simples, rápida e não tem nenhum desafio muito grande, as fases não são memoráveis, mas não chegam a ser ruins, exceto a fase final que achei um tanto ''sem sentido'', com um puzzle absurdamente simples e sem desafio seguido de uma batalha contra o Iggy sem nenhuma alteração comparada a luta original. Como de costume, algumas screenshots da hack:



Dificuldade: 2.5/5
A hack é fácil até demais, sem grandes desafios.

Jogabilidade: 8/10
Nada de mais, o level design é simples, os inimigos novos são simples, etc.

Gráficos: 7.5/10
Trouxeram um bom estilo de New Super Mario Bros Wii, os backgrounds são simples, apenas uma cor com pouca ou nenhuma variação rodeada por alguns elementos como cogumelos ou montanhas, além disso, eles são repetitivos dando impressão de que certas fases são iguais umas ás outras.

Música: 7/10
Se você joga várias hacks, pelo menos uma música dessa hack você irá reconhecer, não são ruins, mas não ajudam a deixar a hack mais única.

Mapa: 6/10 (vanilla)
Nada de muito interessante.

Criatividade: 6.5/10
É uma hack interessante, a forma que foi feita a fez se assemelhar muito ao New Super Mario Bros Wii, mas não tem nada de muito interessante além disso, é mais uma hack pra passar o tempo.

Nota Final: 7/10
Não é nenhuma hack que vai ficar pra história, mas é uma boa hack para aqueles que procuram algo simples para passar o tempo.

Download

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

The 9th Annual Vanilla Level Design Contest (Review Especial)

Autor: SMW Central
Jogo Finalizado (152 Saídas)
Emulador Utilizado: Apenas Snes9X

Olá queridos leitores, um grande feliz ano novo para vocês! E para abrir esse ano, vamos mostrar um dos projetos mais aguardados pela comunidade, o The 9th Annual Vanilla Level Design Contest (ou VLDC9) antes de mais nada, o que é VLDC?


VLDC ou Vanilla Level Design Contest é um concurso feito anualmente pelo SMW Central. Durante o concurso, os usuarios mandam 1 nivel vanilla, ou seja, um nível utilizando apenas recursos disponiveis do Super Mario World original, recursos de envolvam ASM como inimigos/blocos/paches novos são proibidas sendo apenas músicas sendo permitidas de coisas novas.

Algo que talvez tenha chamado sua atenção é o porque de um evento desses é um dos mais aguardados pela comunidade? O motivo é bem simples. O participante tem poucos recursos para utilizar na criação da hack, e todos esses recursos são de fácil entendimento, por causa disto,  a diferença entre novatos e jogadores experientes e bem pequena, tornando a disputa justa.

Pelo grande nível de qualidade nos níveis, a comunidade começou a pegar todos esses níveis e colocar em apenas 1 hack, fazendo uma mega hack. E com o VLDC 9 fizeram o impossível e colocaram 117 níveis, algo que o próprio SMW padrão não consegue suportar. Isso foi possível graças ao grande nível de programação da equipe.



Vamos parar de falar sobre esses informações chatas, e vamos falar do que tem de melhor nesta hack!

Vamos começar falando da coisa que vai te deixar de queixo caído, algo nunca antes visto nas hacks que mandamos aqui no site. Um Overworld ESPETACULAR, não apenas bonito, mas com conteúdo novo, chegando a beirar no absurdo de qualidade! 
 


Todo o mapa é bonito e parecendo ser cheio de vida, mostrando que mapa é algo que é preciso se preocupar.

Todos os níveis podem ser acessado quando quiserem, por causa disso você pode ignorar os piores níveis e jogar os melhores níveis dessa hack. Mas caso você seja um mestre no Super Mario, poderá passar por todos esses níveis (145 para ser mais exato) e acessar o mundo secreto! para jogar os níveis que os jurados desse concurso fizeram.

Caso você queira saber quais são os melhores níveis dessa hack, não se preocupe, eu, o grande LESTER VINE MODA FOCA vai fazer com vocês um tour por esses fantásticos mundos!


---WORST MAPS---


 Não acredite que esse mundo é repleto de doces... Use como por exemplo Candy Crush, um mundo fantástico porém cheio de armadilhas. Aqui estão os níveis que receberam as piores notas dos jurados, tenha cuidado com os níveis desse mundo, alguns são apenas simples demais, nível Purple Plains chega a ser um dos melhores. Já no meio desse mundo está o nivel Woah Radiola, um nível Kaizo Light, cuidado com esse nível.

--Campo--


Saindo do mundo dos doces malignos, chegamos a um grande campo localizado a esquerda da Yoshi House. muito dos níveis aqui são bem simples e alguns deles como a fase Ruin Of Cupidity com uma criatividade e o favorito do jurado Koopster. Há ainda níveis com belos gráficos como o Wood 'n Blocks. Só tome cuidado ao passar pelo nível Pipeside, lá existem bolas de futebol americanas por todos os lados!

--Floresta--

Chegando nesta floresta densa, temos níveis bem bonitos e com arvores de todos os tipos de cores. O nível Midnight Arbor tem uma ótima pegada Retro. The way of Ninji mostram que Ninjis podem realmente ser NINJAS, e aparecerem de todos os cantos lados e dimensões que você não vai esperar! Soul's Templo é um castelo escondido cheio de fantasmas, tome cuidado com a sua alta dificuldade. Para rir um pouco, o nível StreamSide contém vários memes. 

E nem pense em entrar em Hogwarts, que diferente da faculdade fantástica do livro do Harry Potter, é um lugar chato cheio de Magikoopas que ninguém vai querer ficar dentro!

--Mundo Congelado--

Espero que tenham lembrado de trazer seus casacos, porque chegamos no mundo de gelo.  Vamos passar pela floresta congelante da fase Snowy Bits. E em seguida entrar nas cavernas frias, porém não se preocupe, podemos ter um tempo nos aquecendo na fase Dry Ice onde podemos controlar a temperatura na fase.
As cavernas não são um lugar tão amigavel como parece, a fase Icicle Cavern tem espinhos caindo por todos os lados, tente passar correndo desse lugar.
E por ultimo, não de ouvidos a uma certa Fada que anda por aqui...

--Montanhas-- 

Saindo de cavernas profundas de gelo e indo para os lugares mais altos da terra, chegamos nas montanhas! Tente correr rápido na fase The 100s Challenge para conseguir chegar a tempo no teleférico. Caso queira ficar e curtir a viagem moro a cima, há boas fases com belas vistas, como Sunset Vista, Magmatic Cliffs e Aero Plains.  Chegando no topo da montanha, a uma tempestade de raios se aproximando na fase Stormy Ruins, não deixe se intimidar pelos inimigos e os raios, a fase é muito boa!

A ainda a fase  Starry Summit para os amantes de puzzle criativos, vale a pena conferir.

Agora temos duas opções de rota para o próximo mapa, podemos pegar carona no teleférico ou pular de asa-delta e apreciar o mapa.

--Praia--
Ah.. Chegamos a um dos nossos pontos turísticos preferidos, afinal, quem não quer descansar depois de um ano cheio de trabalho duro tomando um bom sol e pulando no mar? Aqui podemos aproveitar o mar com a fase Maple Island e Peach Beach. Tomar um banho de mar e descobrir os mistérios da fase Nightswimming, e falando em mistérios, existe a fase Hotel com um grande mistério escondido. Depois de passar o dia inteiro explorando a ilha, que tal jogar um pouco de poker na fase Gambly Night? Só tome cuidado para não perder todo seu dinheiro. Pegando carona com os piratas da fase Triangle Ship, vamos em direção a próximo mapa!

--Espaço--

Sim... É estranho usar um barco para chegar no espaço, mas pra que lógica no Super Mario não é mesmo? Ainda se preparando para chegar ao espaço, passamos pelas nuvens na fase Grassy Heights, e chegamos numa fortaleza igual do Final Fantasy chamada Calamity Crossing. E não deixe de pescar no espaço na fase Fish in Space (sim, ainda não se acostumou com a falta de lógica no Super Mario, certo?)

Mas tome cuidado aonde viaja pelo espaço, existem mundos bem piores do que planetas do No Man Sky como Moontop Metonymy, RREHT ZEF (?) e Moon Temple com a pior imagem da terra já vista.

--Cemitério-- 
Chegamos a terra dos mortos! Aqui provavelmente não vai encontrar ninguém vivo, apenas esqueletos, fantasmas e outras criaturas que bateram as botas.
Com a lua de sangue em cima das nossas cabeças, podemos passar o rio de sangue na fase Ruins Of Blood e na Aeolian Blood Moon. 
Podemos tentar fugir dos fantasmas indo para o esgoto na fase City Sewers, e subindo a grande montanha, chegamos na grande mansão (ou castelo) do lugar, Unsettling Bastion! Cuidado para não se perder com as ilusões desse lugar.


--Cavernas--
Indo para um dos mundos mais característicos do mundo do Super Mario são as cavernas! Aqui você terá bastante lava! Caso goste da luta contra Sans do jogo Undertale, entre na fase Pleasehold the Line, não esqueça de deixar a música em 200%. A um templo adiante logo a frente destinado as Mega Mole chamado All Hail MegaMole, este lugar é bem agradavel, já que as molas são bem amigáveis de conversar.
Caso esteja com fome coma um bolo, só saiba que esse bolo está na fase Aperture Laboratory inspirado no clássico jogo Portal. (Spoiler: Bolo é uma mentira, só estou falando isso para você testar a fase)
Na saida, tome cuidado com a fase OOPS, tem um monte de pedras caindo e nenhuma indicação de onde elas vão cair, passe longe!

--Abstrato--
 Hora de chegar em um dos mundos mais estranhos e confusos da hack, esse mundo com cara de Super Nintendo e cheio de cores coloridas. O começo do mapa terá belas fases como Parachutist Plains, Funky Floats e Laboratory, O mapa do laboratório é bem engraçado de se ver, recomendo que visite este lugar.
A ainda fases complicadas como Matterhorn e Flash Black que nem tive coragem de continuar de tão chatas e estranhas, sua sanidade mental vai agradecer se passar longe disso.

 --BEST MAPS--

Chegando nos melhores fases desse evento! Aqui é recomendado que aprecie todos os níveis desse mundo! Caso esteja curioso, os meus níveis preferidos aqui são Interplanetary, Ignis Fatuus, Fortified Cavern e Turn Block Treeway!

A ainda os mundos dos jurados que gostei de todos! Mas vou deixar as informações desse mundo em segredo para vocês...

Agora vamos a um super resumo! Eu gostei bastante desse VLDC, tem muito níveis criativos e com uma jogabilidade que vai provavelmente servir como inspiração para meus níveis. Era certeza que não ia concordar com algumas notas dos Jurados, mas isso é 100% de chance de acontecer. As moedas Yoshi não são obrigatórias para desbloquear o mundo extra, então fique livre para coleta-las ou não.

E o mais importante, todo o carinho que a comunidade fez para criar os níveis e juntar tudo isso nesta hack fantástica! não deixe de conferir!

--DOWNLOAD--

E UM FELIZ ANO NOVO! QUE 2017 SEJA UM ANO CHEIO DE FELICIDADES PARA VOCÊS!